7 de novembro de 2009

ACORRENTADOS



Meu caro e eterno ex-amigo,
Eu realmente preciso te dizer,
Você não precisa se preocupar,
Não haverá maior sofrimento como castigo para mim do qual estou passando.
Estou acorrentado aquela noite.
A noite qu enão deveria ter acontecido...mas aconteceu.
As palavras que não deveriam ser ditas...mas foi.
As dúvidas que não deveriam existir...mas existiu.
As agressões verbais
A tristeza
A raiva
A Dúria
A decepção

Tudo em só uma noite
E não há apenas um dia meu amigo
Uma noite
Uma tarde, uma madrugada

Em que eu não pense no que fiz
Nos erros que comenti
Nas palavras imperdoaveis que transmiti a vc
Nas coisas que fiz
Não somente naquela noite mas em toda a história da nossa amizade.

Se ao menos eu pudesse...
Se ao menos eu tivesse o poder de ...
Eu só ...
Eu ...

Eu sinto muito de verdade mas sejamos sinceros
Isso nunca será o bastante
E mesmo que vc me perdoe, eu não poderei fazer o mesmo.

Me acorrentei e joguei a chave fora.
Me prendi
E o que mais me mata, é que esse será a última lembrança.

Eu rezo para que ela não destrua todo o resto.
Eu rezo para que eu não esqueça
Eu rezo para que eu fique presa por mto tempo nem q seja no que aconteceu.

Eu entregaria tudo por uma nova chance.
Eu busco por você

2 comentários:

  1. nossa, pri

    espero q pra qm seja esses recados seus, esteja lendo aki.

    ass: eu

    ResponderExcluir