9 de novembro de 2009

MEMÓRIAS



Eu estava andando hoje pelas ruas do bairro...
A cada quarteirão uma lembrança do nosso passado vinha em minha mente...
E com cada lembrança vinha tal dor acompanhada...

Foi tão dificil...
Lembrar, relembrar ...
Chorar, gritar ...

E nada adiantar
E nada pode ser feito ...

Eu sei que isso soa como o fim ...
A vida nunca pareceu deixar a gente ganhar ...

Mas memórias...
Agora é tudo o que eu tenho.
E é tudo o que eu terei
Até encontrar um jeito de lidar com isso.
Não que memórias sejam ruins
Mas ...
Dói
Da uma saudade
Um desespero...
Uma coisa inexplicavel...

Você quer voltar para aquele tempo e não poder ...
O Medo de se esquecer ...

Estou péssima para escrever hoje pessoal.
Sinto muito.
Vou parar por aqui esta noite.

E EU SENTIREI FALTA DE TUDO O QUE PASSAMOS JUNTOS.


6 comentários:

  1. Lindo oq vc escreveu pri, mas teve uma coisa q eu ñ concordei : A vida nunca pareceu deixar a gente ganhar ...

    Pelo menos pra mim, ja ganhei tanta coisa, ta certo q tem coisas q eu desejaria tr, mas ñ tive, mas as q foi possivel tr, valeram muito.


    bjos

    Ass: eu

    ResponderExcluir
  2. É verdade. Bem pensado. É que na verdade é o trecho de uma musica " Eu sei que isso soa como o fim, a vida nunca pareceu deixar vc ganhar ... bla bla bla bla ... mas nós ficaremos juntos novamente e bla bla bla bla, e eu farei isso em uma outra noite "
    é um trecho de uma musica que escutei uma vez a muito tempo e amei, só q eu só lembro desses pequenos pedaços, eu nem sei se é nessa ordem só sei q tem essas partes...
    Enfim ...

    ResponderExcluir
  3. A gente acaba ganhando algo quando a gente merece {:


    Sabe, eeu já me peguei pensando várias vezes.. Serão as memórias algo um tantinho ruim?
    Tipo, uma vez eu e meu namorado, a gente deu um tempo. E os dias que preencheram esse tempo, foram os mais doloridos queeu pude passar. Eu passava por ruas tbem, lugares, ouvia músicas, lia coisas, e tudo me lembrava ele. Ruas em que já estivemos juntos, músicas que já ouvimos juntos, textos, poemas, frases e histórias que me fazim lembrar dele, enfim. No qe resultaava isso tudo? Lágrimas.!
    Elas corriam pela face, pelo simples ato da memória agir, fazendo então a saudade bater no peito. Saudade dos dias em que estávamos lá, bem, sorrindo. E dps, tudo ter tido um final, era demais. Machucava profundamente lembrar os momentos bons e abrir os olhos e ver que as coisas não estavam como antes. Estávamos em lugares diferentes, ouvindo músicas separados, andando sós pelas ruas, sem o outro.
    Vc tem razão. Dá um desespero, uma coisa inexplicável. :/

    ResponderExcluir
  4. Da mesmo não é leticia ? Da mesmo, um medo, um desespero, uma coisa inexplicavel, dói e dói pra caramba, tem gente que chega a sentir essa dor fisicamente, eu acredito nisso pq eu ja senti essa dor um tanto a chegar ser fisica. E uma amiga minha, que leu o seu comentario mas não quis cometar aqui disse pra mim " Ela deveria é sorrir pela felicidade de ter acontecido a chorar por que acabou".
    Eu não concordo com ela, não acho que as coisas sejam assim. Sim, foi maravilhoso ter acontecido não foi ? Acredito q sim, que foi ótimo, foi maravilhoso. Mas, eu acredito que a separação de vcs dueu um tanto em vc que, como eu posso dizer, que foi uma dor tão intensa que não te deixa comemorar da forma q ela acha q deveria né. As coisas quando acabam sempre tem uma intensidade maior. As vezes, eu estou aqui no pc fazendo algum trabalho ou pesquisando alguma coisa, fazendo alguma coisa séria e começa tocar aquela música q costumava ser minha e da pessoa q eu perdi e ai começa vir aquelas lembranças né, é horrivel, eu começo chorar na hora, não tem como vc sorrir e dizer " Eu tinha o amor da minha vida e essa musica era nossa" tem dó, não da´, nao tem como.

    ResponderExcluir
  5. Exatameente isso.! Exatamente assim.!

    Pode ter acontecido, pode ter sido maravilhoso. Porém quando termina, as sensações são péssimas, principalmente quando se vem a tona a tal da *memória*. Dóii siim, realmente.
    Nao tem como segurar as lágrimas.
    Falaar pra sorrir é relativamente fácil. O duro, é estar passando por algo que não te permite sorrir por mais que você queira, por mais que você tente. Sempre existirá aquela marquinha de mágoa.

    ResponderExcluir
  6. A ferida seca, mas a cicatriz permanece

    ResponderExcluir